quinta-feira, 16 de março de 2017

Falando sobre letras I


Caiara Biondo.   




Imagem da internet




Ricardo Netto - Fale um pouco sobre você, suas origens, seus projetos passados e futuros.
 
 Cainara Biondo - Então, sou natural da cidade de Blumenau onde passei minha vida até conhecer meu marido e vir morar aqui no RJ. Já faz 10 anos que estou aqui. Sempre adorei escrever, passava as madrugadas escrevendo e viajando em minhas histórias. Mas só depois que o conheci que passei a conhecer o mundo virtual e as oportunidades de comunicação. As redes sociais ajudaram muito na divulgação do meu trabalho, abrindo portas para novas amizades e projetos. Participei de algumas antologias entre elas a Poesiatododia, tendo 3 textos que enviei escolhido dentre mais de 1000 poemas enviados. Foi uma experiência e tanto. Mas foi no Wattpad, que encontrei a força que buscava, meus leitores foram fundamentais para que eu enfim, tivesse a coragem de terminar meu livro Segredos Mortais. Após um ano, consegui atingir 50 mil leitores e mais de mil seguidores. Estou muito feliz e realizada com os amigos que tenho conquistado através de um sonho que pensei que nunca se tornaria real. Hoje estou trabalhando em um projeto com outros autores. “Literatvs” é um projeto literário, onde buscamos unir escritores lusófonos, no intuito de ajuda-los a ter seus trabalhos reconhecidos e unir forçar para que juntos aprendermos cada dia mais. Acreditamos que juntos podemos além de nos apoiar uns aos outros, fazer com que o mundo valorize o escritor nacional. Queremos que nossos livros sejam conhecidos pelo seu valor e não apenas como mais um livro comercial. Entre filhos, casa e família, escrevo entre um intervalo e outro e nas madrugadas. Não consigo imaginar minha vida sem escrever. Quando estou escrevendo, é como se eu me tele transportasse para outro universo. Onde somente eu sou capaz de criar as regras e quebra-las.
 
Ricardo Netto - Como surgiu a ideia de escrever, Segredos Mortais?
 
 Cainara Biondo - Sempre adorei vampiros, anjos, lobisomens, bruxas. Amo filmes e seriados de ficção em geral. Um dia à noite em casa, buscando na TV algum filme interessante, coloquei Crepúsculo sem querer. Não sabia do que era, mas assisti e gostei. Fazia algum tempo que estava sem escrever, enfrentando um bloqueio mental. Mesmo tendo gostado do filme, havia algumas coisas que não achei muito legal, como vampiro não ter dentes e ainda brilhar. Lembrei-me daqueles desenhos que brilham no escuro. (kkkk) Enfim. Crepúsculo reacendeu em mim a vontade de voltar a escrever, ponto este, que fez eu coloca-lo entre os meu favoritos. Sendo que eu queria escrever algo inédito, diferente, sem perder a origem dos vampiros. Queria dentes grandes, a sedução que os vampiros têm, mas não queria escrever mais um clichê. Então misturei a ficção com a vida real. Já que nossa realidade de hoje está tão cruel e desumana, não foi tão difícil adaptar a realidade junto com uma ficção. E foi assim que nasceu Segredos Mortais.





Imagem da internet.






Ricardo Netto - Qual a personagem de “Segredos Mortais”, que foi a mais difícil de criar?
 
 Cainara Biondo - Olha, é meio complicado. Confesso que tenho certa dificuldade em criar personagens, mas á Lara acho que foi a mais difícil, já que ela em si, é confusa. Como ela vive em conflito consigo mesma, fica difícil saber como ela reagirá entre um desafio e outro. Mas aos poucos vou dando vida a ela e aos outros personagens.
 
 Ricardo Netto - Oque é mais difícil, começar ou terminar uma estória?
 
 Cainara Biondo - Acho que são os dois. Sendo que o meio é que mais me assusta. Acho que é a pior parte. Porque é onde tudo começa a ser esclarecido e onde novos mistérios e desafios aparecem. Quanto mais se aproxima do final, mais conflitos vão surgindo. Mas gosto de lidar com desafios, então deixo me levar pela intuição e sigo em frente.
 
Ricardo Netto - Você tem outras obras escritas, quais?
 
Cainara Biondo - Sim. Na verdade meu primeiro livro foi Sentimentos do Coração. É um livro que eu mesma criei e publiquei independente no site da Agbook. Uma livraria para autores que publicam seu livro de forma gratuita. Nele está uma grande parte dos meus primeiros poemas, poesias e frases que escrevi quando era adolescente. Depois, quando conheci o Wattpad, fui publicando os capítulos de Segredos Mortais. Vendo a boa aceitação dos leitores, me arrisquei a escrever outro livro de uma ideia relâmpago que surgiu, que é Destino Sombrio, que já conta com 8 mil leitores, sendo que este, tem apenas 9 capítulos. Pretendo termina-lo e publica-lo ainda este ano. Sendo que a continuação de Segredos Mortais também já esta em andamento. Então tenho muito trabalho pela frente. Destino Sombrio é diferente de segredos Mortais, é mais voltado para o sobrenatural, sendo que terá alguns fatos e experiências reais embutidas na história. O que acredito deixar os leitores ainda mais apaixonados pelo livro. Tem mais alguns em minha cabeça, mas como sou muito ansiosa, acabo às vezes por me perder entre as milhares ideias que tenho. Mas aos poucos tudo vai se encaixando.
 
 Ricardo Netto - Quais as maiores dificuldades de um escritor brasileiro?
 
Cainara Biondo - No meu ponto de vista além da competição e rivalidade, é o comercialismo e individualismo das editoras. No Brasil, um autor americano, ou seja internacional, tem uma visão de perfeição, enquanto os brasileiros são vistos como impotentes e fracos. Essa é uma visão que o próprio Brasil criou, por valorizar demais os autores internacionais pelo valor financeiro que eles adquirem tendo eles em suas livrarias. Sendo que em minha opinião, não falo só por mim. Mas, tenho visto, e conhecido autores que tenho muito mais admiração do que alguns internacionais que conheço. A diferença que vejo, é que a única coisa que separa um Best Seller Internacional de um nacional é apenas investimento. Os autores de fora têm um apoio e uma valorização que nós brasileiros não temos. Falta união entre os autores, falta humildade. Se todos se unissem pelo mesmo propósito, seríamos capazes de alcançar a mesma visão, reconhecimento e apoio que os autores internacionais têm. Mas enquanto estiver cada um por si. Enfrentaremos um anonimato injusto. E editoras que só querem se beneficiar nas custas do autor.
 
Ricardo Netto - Qual livro já publicado você gostaria de ter escrito? Por que?
 
Cainara Biondo - Olha, sem dúvidas seria Sussurro! Foi à série que mais mexeu com meus sentimentos. Devorei um atrás do outro, louca para saber mais sobre a linda história entre Nora e Patch. Sou louca por histórias de anjos e vampiros. E esta sem sombra de dúvidas para mim foi a melhor. Um dia espero poder criar uma série tão fantástica como Sussurro. Quem sabe Segredos Mortais me traga uma alegria dessas. Qualidade ele tem. Pelo mesmo meus leitores que amo, dizem isso, e quem sou eu para dizer que eles estão errados. (KKK). A forma Como a Becca escreve, me cativa muito. É simples, clara, porém direta. Sou super fã.
 
Ricardo Netto - Quem são seus autores favoritos?
 
Cainara Biondo - Tenho alguns. A primeira óbvio é a Becca. Seguindo de.
Nacionais. André Viannco, Geraldo Medeiros JR, Augusto Cury, Ricardo Netto ( Você), Ruth Arnaldo, Mônica Castro, entre outros.
Internacionais. Além de Becca. São, Dan Brow, Alyson Noel, Stephenie Meyer,Cassandra Clare e J.K Rolling.
 
Ricardo Netto - Selecione aqui os cinco melhores livros que você já leu:
 
Cainara Biondo - Sussurro, Inferno, Para Sempre, Sentindo na Própria Pele e Nunca Desista de Seus Sonhos.
 
 Ricardo Netto - Cainara Biondo por Cainara Biondo:
 
Cainara Biondo - Difícil me definir. Digamos que sou bem complexa, teimosa e ansiosa ao extremo. Se sonhar demais for defeito estou perdida no pecado. Mas, não consigo viver sem sonhar, sem acreditar que o sucesso me aguarda. Que tudo é apenas uma questão de tempo e reconhecimento. Sou uma pessoa que vive em função de ajudar a quem meu coração diz, Ajude! Minha maior alegria é poder fazer as pessoas felizes, sendo minha família e amigos, ou quem cruza meu caminho que cativa meu coração. Mesmo sem poder fazer muito por eles, o pouco que faço, para alguns já é muito. E é isso que me motiva a levantar todas as manhã e tentar fazer sempre mais, por mim e por eles. Mesmo diante das dificuldades, não consigo deixar de sorrir e nem de fazer as pessoas sorrirem. Separo a dor de minha vida, e deixo o destino livre para comandar meus dias. Uns dizem que sou palhaça, outros dizem, que sou louca. Eu digo... Sou os dois! E não ousem me contrariar! (kkkk)
 
Ricardo Netto - Se você conseguisse resumir “Segredos Mortais” em uma única palavra, qual seria?
 
Cainara Biondo - Surpreendente!
 
Ricardo Netto - Você é muito ativa nas redes sociais, deixe aqui um recado para os seus leitores e fãs?
 
Cainara Biondo - Essa é uma das partes onde encontro a maior dificuldade! Jamais serei capaz de expressar em palavras todo meu agradecimento a eles. Eles são a minha força, minha inspiração. Sem o carinho, atenção, conselho, incentivo, nada disso teria acontecido. Meus escritos jamais sairiam da gaveta, ou mesmo do meu computador. Eles implantaram em mim, a força e coragem que eu nunca tive. Meu marido, meus filhos e minha tia de Santa Catarina, também foram fundamentais nesse processo. Quando escrevemos entramos em uma espécie de transe, onde nos afastamos do mundo real. E agradeço a minha família por ter tido paciência. Tudo que fiz e faço é para eles, quero deixar uma herança boa para que num futuro eles possam se orgulhar de mim. Hoje sinto que minha família aumentou e muito, porque meus fãs e leitores passaram a fazer parte dela. E espero poder ainda dar muito orgulho a eles. Hoje sou muito feliz e agradecida por ter amigos que posso contar em todas as situações. E falo com orgulho que meus leitores e fãs são os melhores do mundo!



Imagem da internet.






Ricardo Netto - Coloque aqui suas plataformas, sites e redes sociais:
 
 
 
 
Ricardo Netto - Suas ultimas colocações sobre “Segredos Mortais”:
 
Cainara Biondo - Eu espero que Segredos Mortais continue encantando os leitores. E espero que as citações que coloquei sobre nosso mundo, abra a mente das pessoas, e as façam ver que o mundo dos livros não é muito diferente do nosso. Hoje em dia, o que vivemos o que vemos nos jornais, revistas, esta ultrapassando o terror das histórias que contam os livros de ficção. Portanto, mergulhem no mundo de Lara, e acompanhem sua jornada pelo mundo sombrio e cheio de surpresas que Segredos Mortais, revelará em sua trama. Um abraço a todos, e sejam bem vindos em minhas redes sociais, será um prazer aumentar minha família com mais e mais leitores que gostam e admiram meu trabalho.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Trecho do livro: Os senhores das Sombras - O legado de Lilith.

Capítulo Um   Enzo   Ouvia vozes distantes e desconhecidas, sua consciência não permitia entender o que acontecia à sua volta....