Pesquisar este blog

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Entrevista de Novembro.

Raphael Montagner. (Ator)




Jovem promissor dessa nova geração de atores, Raphael Montagner aos 32 anos de idade já tem uma carreira consolidada no teatro e na televisão. Com trabalhos realizados anteriormente no SBT e agora no ar, interpretando o Tomás na Novela Escrava Mãe ( do autor Gustavo Reiz), na Rede Record. Ele muito gentilmente, cedeu seu tempo para nos prestigiar com uma entrevista incrível.





 
 
 
 

Seu atual personagem na novela: Escrava Mãe:

 
#EscravaMãe
 
 
Filho do meio do coronel QUINTILIANO (LUIZ GUILHERME), TOMÁS é um rapaz simpático e carismático, comunicativo e agradável.
Irmão da rebelde FILIPA (MILETA TOSCANO) e o oposto do irmão GUILHERME (ROGER GOBETH). Idealista, nunca se envolvera com os negócios da família.
É crítico quanto ao modo de produção vigente e a crueldade do tráfico de escravos.
TOMÁS é um abolicionista em potencial e desenvolverá seus pensamentos com o melhor amigo, o jornalista ÁTILA (LÉO ROSA), em reuniões secretas no armazém de Seu CONTENTE (CÉSAR PEZZUOLI).
Gosta de ler e conhece as histórias; usa as palavras como armas de sedução.
Conquistador nato, TOMÁS viverá envolvido em confusões amorosas, sendo um verdadeiro Casanova da Vila.
Envolve-se com mulheres casadas, solteiras, novas e velhas, o que lhe rende boas confusões e noites na cadeia. Vai se apaixonar de verdade por REBECA (MARIZA MARCHETTI), com quem viverá um triângulo amoroso com ÁTILA, seu melhor amigo.

 
 

Em cena com o ator Português Pedro Carvalho, na novela Escrava Mãe. 

 

 

Entrevista para o Blog Misturando Letras:

 

Ricardo Netto – Como começou seu interesse pelo mundo da atuação?
Raphael Montagner - O mundo da "atuação" o de ser contador de história , veio ao acaso , sem pretensão a 13 anos . Em uma oficina de teatro amador no Teatro Dias Gomes , lá pode se dizer que fui "picado" pelo bichinho do teatro.
 
Ricardo Netto – Como surgiu a oportunidade de interpretar (o Diogo) seu primeiro personagem na TV, na novela Amigas e Rivais do SBT?
Raphael Montagner - A televisão veio ao acaso também. Hoje um irmão , Fernando Rancoleta ,foi assistir a uma peça e me chamou para um teste , desde então , a mais ou menos uns seis anos , trânsito pelo meio televisivo , deixando meu recado em minha arte.
 
Ricardo Netto - Na sequencia você interpretou o Marcelo, na novela Revelação da Iris Abravanel, fale um pouco sobre este personagem.
Raphael Montagner - Bom ... primeiro que faz muito tempo (risos), e não lembro direito , mas acredito que a cada novo "filho" um novo caminho a ser trilhado e descoberto . O importante na arte é ser feliz no processo , no caminhar, para contar a história proposta.
 

Ricardo Netto - Você participou como ator na peça: (O colecionador de crepúsculos) e depois passou para uma co-direção em outra peça, (O meu amigo pintor). Qual a diferença entre essas duas funções (Atuar e dirigir).
Raphael Montagner - Poxa esse foi uma fase , com o meu amado amigo e professor Vladimir Capella já falecido, aonde na realidade descobri o teatro , aonde a arte se apresentou . Na realidade , sempre foquei na interpretação , mas com ele , diria que me proporcionou várias outras experiências para compor o quadro geral , de entender a operar a luz a como seria a visão de um diretor . Sempre visando aprimorar a interpretação.
 
Ricardo Netto - Em 2013 você estreou a novela Dona Xepa (Fazendo o Leandro), na Rede Record. Como foi essa transição de uma emissora para a outra?
Raphael Montagner - Então Netto , a arte de interpretar em frente as câmeras é igual em qualquer emissora ( no seguimento de teledramaturgia ) o que muda acredito são as relações com as pessoas e a política interna da empresa e seus valores agregados. Eu sempre fiz o " meu papel" dando sempre o meu melhor.
 


Ricardo Netto - O Enzo Aguiar da Novela Vitória foi um personagem diferente, por tratar sobre assuntos como preconceito e neonazismo. Fale o que esse personagem tão diferente te ensinou como lição de vida?
Raphael Montagner - Olha como lição de vida não diria, mas sim uma ampliação do que eu já sabia sobre esse universo do Neo-Nazi . Mas sempre internamente , a cada personagem , no caso da dramaturgia , aonde vc trabalha com a repetição diária , diria o inédito viável.
Link de uma das cenas da novela Vitória (Rede Record):
 
 
 

 
 
Ricardo Netto - Quanto tempo durava o processo de impressão de tatuagens para compor o Enzo?
Raphael Montagner - Em média uma hora antes das gravações. Eram 22 tatuagens.
 
Ricardo Netto - Escrava Mãe da Record em parceria com a Casablanca, te colocou na posição de galã com o conquistador e abolicionista Tomás, o que você acha desse rótulo que alguns atores carregam em suas carreiras?
Raphael Montagner - Acredito que somos visto pelo mercado como produto , pois trabalhamos muito com O esteriótipos, mas não sou considerado apesar da aparecia , somente um galã, e nem que eles me concederam somente , foi apenas um trabalho oposto do outro , que graças a estas oportunidades construo uma carreira diferencia , sem a repetição do mesmo . Agora se um futuro próximo ou distante for levado a isso ok tb , sem problemas.
 
Ricardo Netto - Você está em um projeto novo, pode nos falar a respeito?
Raphael Montagner - Estou agora na fase de composição e entendimento de um novo personagem , vou fazer agora O Rico e o Lázaro , vai ser ambientado na época de 605AC , irei fazer o Nicolau filho mais novo da família. Muito Legal sair de um trabalho de 1800 para 605 a.C.






Ricardo Netto – Raphael Montagner em uma frase.
Raphael Montagner - Guiado pela batida do coração.
 
 
 
 
 
 
 
O Blog Misturando Letras e o Ator Raphael Montagner apoiam o Projeto Vibrar Parkison.
 
 

"Informação é o melhor remédio".

 

 
 
 
 
 
Obs: todas as informações e imagens foram gentilmente cedidas pelo ator  Raphael Montagner.
 
 
 
 
Esta entrevista teve o apoio cultural da Real Vita Produtos Naturais.
 
 
 
 
 

 

 
 
 
 
 

2 comentários:

  1. Foi uma honra entrevistar esse ator tão talentoso e carismático!

    ResponderExcluir
  2. Que legal gostei muito de saber mais sobre esse ator as vezes só vemos o personagem

    ResponderExcluir